Impacto Social

O PPGEC adotou, em seu planejamento estratégico, um conceito amplo de impacto social que inclui os produtos do programa para sociedade, o uso da sociedade (referências para sociedade) e os benefícios para sociedade (mudanças na sociedade) influenciadas pelas nossas atividades. Em 2019, nosso grupo criou uma comissão permanente com docentes e estudantes para planejar e monitorar a dimensão “Impacto Social” do PPGEC.

Temos priorizado alguns projetos com múltiplos impactos sociais que envolvem diretamente docentes do PPGEC, tais como:

 

Projeto de Ecológico de Longa Duração (PELD) – Planalto da Bodoquena (https://peldbodoquena.wixsite.com/home; https://deims.org/8400c6f4-1655-4d69-9c73-761401850cb0)

 

Projeto Noleedi – manejo de fogo no Pantanal

https://noleedi.blogspot.com/2019/

 

Projeto Plantas Alimentícias do Cerrado e Pantanal

https://sabores.ufms.br/projeto/

 

Programa Biota-MS

Biota-MS

 

 

Restauração Ambiental

Facebook do LEI

 

Animais silvestres em ambientes urbanos

https://labmpe.weebly.com/

 

 

Dada a importância deste tópico no contexto contemporâneo de fazer ciência, o grupo entende que o impacto social não deve ser visto como ações pontuais do programa, mas sim um conjunto de ações e projetos integrados em eixos de impacto social. Neste sentido, criamos 4 eixos:

 

Políticas públicas e advocacy – envolve a produção de programa voltada para influenciar legislações e instrumentos de gestão públicas que envolvem conservação da biodiversidade e sustentabilidade.

  • Publicações voltadas para influenciar políticas públicas (link para artigos);
  • Participação social: comitês e pareceres sob demanda. Atualmente participamos do Comitê da Reserva da Biosfera do Pantanal e Conselho consultivo da ONG Homem Pantaneiro;
  • Participação em projetos governamentais ou de ONGS: Wetlands International, WWF, Neotrópica do Brasil, SOS Pantanal e Homem Pantaneiro;

Posicionamento em processos legais envolvendo meio ambiente: Carta Cayman, Carta técnica para Congresso Nacional sobre Lei do Pantanal, participação em elaboração do documento amicus curiae pela SOBRE (Sociedade Brasileira de Restauração Ecológica) enviado a convite ao Supremo Tribunal Federal contra a Medida Provisória editada pelo governo federal que torna ilimitado o prazo do CAR/PRA

  • Coordenação de programas governamentais: Biota-MS
  • Palestras para organizações, eventos governamentais, público geral

 

Intervenção social e ecológica – atividades de manejo e intervenção direta envolvendo o PPGEC.

Membros do PPGEC participam do Projeto Águas Guariroba, voltado para o Pagamento de Serviços Ambientais em Campo Grande;

Atividades em escolas como palestras e dinâmicas;

Protocolos de manejo – exemplo para o fogo em desenvolvimento no Projeto Noleedi  

 

 

Impacto Social Internacional – atividades de impacto social que o PPGEC esta envolvido com parceiros em outros países ou que envolvem estrangeiros.

 

  • Projeto de sustentabilidade de comunidades rurais em Guiné-Bissau
  • Projeto CASEST – agricultura e conservação da biodiversidade no Brasil, Zimbábue e Africa do Sul – https://casest.hypotheses.org
  • Corredor Azul – Wetlands International – Argentina e Brasil – https://www.mupan.org.br/corredorazul/
  • BAP sustentável – WWF – Paraguai, Bolívia e Brasil

 

Cadeias sustentáveis e saúde única – envolve projetos e atividades do programa voltadas para suporte de cadeias sustentáveis e melhorias em saúde de forma sistêmica.

 

  • Protocolos de saúde animal
  • Protocolos de biomonitoramento
  • Projetos envolvendo segurança alimentar e geração de rendas (Plantas Alimentícias)
  • Publicações envolvendo aspectos para controle de vetores e patógenos
  • Publicações voltadas para manejo e produções de espécies nativas
  • Publicações voltadas para bioeconomia e serviços ecossistêmicos
  • Intervenções em cadeias sustentáveis com geração de renda para comunidades